URBAN FARMS – FAZENDAS URBANAS ENTRE NÓS

Em uma era onde tudo se torna cada vez mais artificial, um grupo resolveu voltar às raízes oferecendo produtos totalmente naturais e, ao mesmo tempo, tecnológicos. Utilizando conceitos da Hidroponia, o projeto Urban Farms busca refrescar a memória dos consumidores sobre a aparência, textura e o gosto original dos alimentos.

A iniciativa, que revive de maneira futurista a profissão de fazendeiro urbano, promove o cultivo e a distribuição de alimentos saudáveis dentro da cidade e incentivando o hiperlocalismo. “Construímos cerca de 30 módulos, localizados em Porto Alegre, que abastecem a própria cidade, bem como as cidades de Atlântida, e Gramado. Nessa espécie de estufa, produzimos as mais variadas espécies de vegetais, hortaliças e condimentos, utilizando apenas água, luz de laser LED e nutrientes que as alimentam”, explicou o head (profissional que lidera uma área, um departamento ou um projeto) da Urban Farms, Matheus Rocha. Atualmente os módulos – que cultivam rúcula, couve, mostarda, repolho roxo, capuchinha, coentro e ervilha – encontram-se em supermercados, depósitos e em um restaurante de Porto Alegre.

Esse restaurante é o Urban Farmcy, que utiliza esses alimentos hidropônicos e naturais para montar seus pratos. Quase 100 kg semanais desses ingredientes são de microgreens (versões menores e já desenvolvidas das plantas), reafirmando a proposta do ambiente de promover uma alimentação mais saudável por meio da conscientização. Para isso, são utilizados alimentos provenientes de produtores locais, diminuindo a distância entre cultivador e o comprador e melhorando a qualidade da mercadoria.

“Tudo o que colhemos por meio das fazendas urbanas dura em média de 20 a 30% a mais depois de colhido em relação ao que é plantado no solo. Por isso, falamos que o Urban Farmcy é o próprio conceito dessa conscientização que queremos alcançar”, frisou Rocha. Fundado em 2017, o Urban Farmcy é parte integrada da Urban Farms, que existe desde 2016.

O planejamento da Urban Farms é dividido em 12 etapas. Atualmente no quarto estágio, a empresa procura evoluir cada vez mais e, por isso, conta com biólogos e engenheiros em constante pesquisa, sempre testando novas tecnologias e diferentes espécies de plantas. “A etapa que nos encontramos hoje em dia foca no atendimento de nossas demandas. Buscamos sempre olhar para o futuro. Se conseguirmos levar esse conceito para todo o país, e que sem sabe para fora dele, só o tempo dirá onde podemos chegar e o que podemos alcançar”, finalizou Matheus Rocha.

Por Jorge Boruszewsky

Fonte: Urban Farms; Urban Farmcy; Matheus Rocha;

Compartilhe esta informação:

Posts Recentes

Carrinho

Nenhum produto no carrinho.

Finalizar compra