SENAR PROMOVE CURSO DE HIDROPONIA NO NOROESTE GAÚCHO

Entre os dias 9 e 12 de maio, será realizado, no campus II da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), em Frederico Westphalen (RS), o Curso de Hidroponia, Irrigação e Fertirrigação.

Em parceria com a URI e promovido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), o curso é ministrado pelo agro-zootécnico e instrutor Cleber Renato Zortea, que comemora a grande procura dos produtores da região. “Precisamos abrir mais uma turma e já encerramos as inscrições. Porém, quem estiver interessado, pode entrar em contato conosco para notificarmos das próximas oportunidades”, comenta.

O curso, explica Zortea, atende à demanda crescente dos produtores da região, que buscam alternativas que otimizem o aproveitamento da água no cultivo. “Apesar de agora ser uma época de muita chuva aqui no Rio Grande do Sul, a previsão para o próximo verão é de estiagem. E, por economizar consideravelmente os recursos hídricos na produção, a Hidroponia acaba sendo uma solução”, argumenta.

Apaixonado por novas tecnologias no setor agrícola, Zortea começou a ter um contato mais direto com a Hidroponia em 2009. E, desde então, o agro-zootécnico vem realizando cursos e se aperfeiçoando na área. Atualmente, com o conhecimento adquirido, Zortea atua prestando serviço de assessoria técnica para agricultores na região.

Mesmo sendo um curso básico, voltado para introduzir agricultores na Hidroponia, especialmente sobre aspectos da irrigação e fertirrigação, a ação divulga o cultivo sem solo na região. “A Hidroponia tem grande potencial. Além da questão da água, reduz os custos da produção, da mão de obra e agiliza os processos de produção”, argumenta.

Conforme destaca o instrutor, o curso é gratuito porque é financiado pelo Senar, que recebe recursos provenientes da própria contribuição compulsória de produtores rurais, obtidas na comercialização de produtos e sobre a folha de pagamento da empresa rural.

Para se aproximar da universidade

Além dos agricultores do noroeste gaúcho, o evento é uma oportunidade para aproximar também a própria universidade ao sistema de cultivo. “Ainda não temos uma cadeira específica sobre Hidroponia aqui em nosso curso [de Tecnologia em Agropecuária]. Entretanto, percebemos que cada vez mais pessoas se interessam pelo cultivo sem solo”, afirma o professor e coordenador do curso Superior de Tecnologia em Agropecuária da URI, Luis Pedro Hillesheim.

“Quando se fala em Hidroponia, tem muita gente aqui que ainda não conhece. Isso significa que há um grande público a conquistar”, conclui Hillesheim.

Mais informações podem ser obtidas com Cleber Renato Zortea pelo e-mail tec10276@gmail.com ou com a Coordenação do Curso de Tecnologia em Agropecuária da URI pelo telefone (55) 3744-9255.

Compartilhe esta informação:

Posts Recentes

Carrinho

Nenhum produto no carrinho.

Finalizar compra