PRODUTOR DO INTERIOR DO TOCANTINS OBTÉM RESULTADOS POSITIVOS COM HORTALIÇAS HIDROPÔNICAS

Com pouco espaço disponível na propriedade, o produtor Alexei Rocha, de Araguaína (TO), optou por cultivar hortaliças usando o sistema hidropônico de produção. Uma técnica de cultivo sem o solo, onde as raízes recebem uma solução balanceada, que contém água e todos os nutrientes essenciais para o desenvolvimento da planta.

Natural do Paraná, o produtor já conhecia a técnica, tradicional na Região Sul do país. “Como não tínhamos uma grande área, buscamos aproveitar o espaço para produzir o máximo de rentabilidade. Por isso, buscamos como forma a Hidroponia. Graças a Deus, está dando muito certo”, destaca o hidroponista.

Rocha produz alface do tipo crespa, roxa e americana, além de rúcula. Durante o período de estiagem, a produção média é 350 hortaliças por dia. Quando começa a chover, a produção quase dobra. “Quem consegue produzir na chuva é quem investe em estrutura, como estufas e tela para reflexão de calor”, aponta o agricultor.

A Hidroponia é sustentável e um negócio economicamente viável, mas, para o produtor obter lucros, é preciso dominar a técnica. “O principal fator é entender a solução nutritiva. O produtor que não entender como fazer a solução correta vai ter queima ou uma planta de má qualidade”, explica o engenheiro agrônomo Marcio Zambrini.

Compartilhe esta informação:

Posts Recentes

Carrinho

Nenhum produto no carrinho.

Finalizar compra