PIMENTAS HIDROPÔNICAS E CUIDADOS NECESSÁRIOS

Nem só pela ardência as pimentas devem ser lembradas. Surgidas no México Central há cerca de 7.000 anos AC, e em suas aventuras pela América, o descobridor Cristóvão Colombo, em 1493, encontrou uma nova alternativa da pimenta preta que já era um dos condimentos prediletos na Europa.

De lá para cá, o mundo definitivamente se apaixonou pelas pimentas e por isso, sempre haverá uma demanda por essa especiaria. Mas você sabia que as pimentas podem ser cultivadas usando hidroponia em qualquer estação?

Sim, foi comprovado que o cultivo hidropônico de pimentas não só resulta em um aumento na produção quando feito de maneira adequada, mas também em uma melhor qualidade e tamanho de fruta. Agora vamos conhecer um pouco mais sobre o cultivo da pimenta hidropônica.

[ihc-hide-content ihc_mb_type=”show” ihc_mb_who=”5,6,7″ ihc_mb_template=”3″ ]

PRODUÇÃO DE PIMENTAS HIDROPONICAS

Imagine cultivar um suprimento infinito de pimentas o ano todo, mesmo que você não tenha espaço para um jardim. Felizmente, é possível quando você cultiva pimentas hidropônicas. 

Embora cultivar pimenta hidropônica não seja tão fácil, pois existem vários problemas que afetam este tipo de cultura em que o mais comum é a queda da flor.

Mas, depois de dominar alguns dos obstáculos associados ao cultivo hidropônico de pimentas, você descobrirá que elas crescem mais robustas e saudáveis, bem como terão uma maior produção, em uma fração do tempo menor do que a dos cultivos convencionais no solo.

A pimenta é o fruto das plantas do gênero Capsicum, pertencentes à família Solanaceae e podem ser cultivadas em hidroponia em qualquer época do ano e com a maioria dos sistemas, entre eles:

  • Deep Water Culture (DWC); 

  • Ebb & Flow;

  • NFt e Drip Systems são adequados para o cultivo de pimenta.

PRIMEIROS PASSOS PARA O CULTIVO DE PIMENTA HIDROPÔNICA

Pimentas são plantas de clima quente e requerem luz e calor em abundância. As temperaturas corretas são necessárias para promover o florescimento e a frutificação. Esta é uma das principais causas da queda das flores – problemas de temperatura ou excesso de calor ou muito frio.

Maiores taxas e velocidade de germinação são obtidas entre 25 e 30 ºC. A faixa de temperatura ideal para o florescimento fica entre 21 e 27 ºC. Em temperaturas abaixo de 15 ºC ocorre queda de flores.

Os requisitos de iluminação de pimenta hidropônica é que a luz deve estar de 15 a 20 cm acima das plantas. Qualquer aproximação pode causar queimaduras, e muito distante das plantas também não será possível obter todos os benefícios do sistema de iluminação.

Conforme as plantas amadurecem, naturalmente você terá que ajustar periodicamente a altura das luzes para manter a distância de 6 a 20 cm.Pimentas tendem a produzir melhor sob condições de luz mais altas. 

O ideal é 10 a 12 horas de luz por dia – certifique-se de que as plantas também tenham períodos adequados de escuridão noturna simulada, que é tão essencial para o crescimento da planta quanto a luz.

ILUMINAÇÃO LED vs CFL

Depois de chegar ao estágio de frutificação, a temperatura deve subir mais 5 graus.

Quando suas pimentas estiverem crescendo, significa que deram frutos saudáveis, é indicado colher alguns enquanto ainda estão imaturos. 

A colheita de algumas plantas mais cedo também encorajará a produzirem mais botões, bem como a dedicar mais energia as pimentas restantes, resultando em uma colheita de pimenta de qualidade muito superior.

Se a produção for dentro de casa, esteja ciente de que as plantas de pimenta são autoférteis, pois cada flor contém os elementos necessários para produzir frutos. No entanto, sem insetos e sem circulação de ar, a autopolinização não ocorre prontamente.

Você ainda pode polinizá-las manualmente para contribuir para a diversidade genética e, com sorte, maior qualidade com menos ocorrências de queda de flor.

SOLUÇÃO DE PROBLEMAS DE PIMENTA HIDROPÔNICA

A queda de flores em plantas de pimenta é o problema mais comum. Entre as causas estão:

  • Altas temperaturas;

  • Baixas temperaturas;

  • Excesso de fertilizante de nitrogênio;

  • Falta de cálcio e / ou magnésio;

  • Excesso de água;

  • Iluminação inadequada;

  • Má circulação de ar (o que impedirá a polinização);

  • Tamanho pequeno demais do recipiente.

Quando a planta está lutando para produzir flores, mas tem folhagem verde insuficiente envolvida na fotossíntese, ela frequentemente aborta as flores. Independentemente de quais nutrientes estão presentes sem folhagem adequada para sintetizar luz, a planta não produzirá flores saudáveis e perderá o que produziu.

As altas temperaturas podem fazer com que as flores murcham e caiam, isso ocorre quando as temperaturas excedem por períodos prolongados.

Durante os estágios de floração, as plantas de pimenta precisam de quantidades ligeiramente elevadas de magnésio e cálcio. Isso geralmente está presente em fórmulas nutricionais comercializadas. A falta desses compostos às vezes causa queda da flor, embora não seja uma das principais causas.

Quer obter mais conhecimento sobre a técnica da hidroponia? Conheça nosso centro de conhecimento

O estresse da planta devido a fatores como temperatura, irrigação e problemas com nutrientes às vezes pode levar à  podridão final da flor. Os mesmos fatores também podem causar rachaduras e divisões no crescimento.

Doenças comuns de pimentas são o mofo cinzento, o vírus do mosaico do tabaco e o vírus da murcha-manchada do tomate.

As pragas de insetos comuns que às vezes encontram seu caminho em sistemas hidropônicos incluem moscas brancas, pulgões, ácaros, tripes e mosquitos de fungo.

Ficha técnica:

Luz: 10 – 12 horas diariamente

Nutriente pH -6,0 – 6,8

EC 3.0-3.5

PPM 2100-2450

Como vimos, se associarmos os aspectos favoráveis apresentados acima, com a importância socioeconómica do cultivo da pimenta, o uso da hidroponia torna-se uma tecnologia promissora, tanto para a obtenção de excelentes produtividades quanto para a ampliação de mercado, visando a introdução de variedades não regionalizadas.

Andrea Weschenfelder

Jornalista e Editora de Publicações
MTB 10594
Fone 51 9286 1880 (WhatsApp) 51 3207 7463

[/ihc-hide-content]

Compartilhe esta informação:

Posts Recentes

Carrinho

Nenhum produto no carrinho.

Finalizar compra