NOVA GERAÇÃO DE AGRICULTORES CULTIVA MORANGOS SEM O USO DO SOLO

Mais tarde ou mais cedo as novas tecnologias acabam por chegar à agricultura e substituir os métodos tradicionais de cultivo. A nova geração de agricultores muito tem contribuído para a adoção destas novas práticas e uma delas, a Hidroponia, está sendo implementada pelos novos agricultores britânicos no cultivo de morangos.

Estes novos agricultores estão cultivando morangos em estufas avançadas, onde o fruto cresce dentro de vasos que são pendurados no teto – o que facilita a colheita, já que o fruto fica pendurado nos vasos – e que em vez de terra estão cheios com água e nutrientes, o que permite prolongar a época de produção do fruto e responder mais rapidamente à procura.

A Hidroponia não é uma técnica nova, e é já implementada em países com escassez de solo arável para o cultivo de outras frutas e vegetais. Ainda assim, estes morangos britânicos são cultivados através desta técnica dentro de estufas altamente climatizadas e o número de novos hidroponistas aumenta cada vez mais.

Em Sussex, na Inglaterra, fileiras de plantas de morango não crescem no solo, mas em vasos, segundo uma tendência mundial. De acordo com a indústria da fruta, cerca de 35% de toda produção britânica de framboesas, morangos e mirtilos  já não são mais cultivadas em solo.

Na Fazenda Donaldsons’ Nursery em Chichester, os morangos são cultivadas em 16 acres de estufas, instalações de refrigeração e unidades de armazenamento. O complexo é propriedade de Hall Hunter, um dos maiores produtores de frutas hidropônicas e semi- hidropônicas da Grã-Bretanha. Dentro das casas de vidro, plantas de morango crescer em fibra de coco, em potes plásticos e em calhas penduradas no teto. 

As estufas são aquecidas ou resfriadas, conforme necessário para garantir a temperatura ideal, enquanto isso a abelhas são liberadas para dentro do prédio para polinizar as flores. No geral, a empresa produz 8.000 toneladas de frutas por ano.

E os benefícios para os hidroponistas britânicos é que a estação de crescimento é prolongada – o que significa, é claro, mais lucro. A Fazenda Donaldsons’ produz os primeiros morangos britânicos em março – e pode crescer morangos para o Natal.

“É para garantir que teremos produtos britânicos disponíveis para o maior tempo possível”, diz um porta-voz da empresa. “As pessoas querem comê-los fora de época, e através da Hidroponia isso é possível”, finaliza.

Compartilhe esta informação:

Posts Recentes

Carrinho

Nenhum produto no carrinho.

Finalizar compra