Por que as flores comestíveis são a nova tendência culinária

Banquetear-se com flores tem uma longa história culinária. Na era vitoriana, as flores comestíveis eram particularmente populares e usadas para criar designs elegantes de violeta cristalizadas e borragem para bolos e sobremesas. 

Em tempos mais recentes, as flores comestíveis são reconhecidas não apenas por sua beleza e valor decorativo, mas também por seu sabor, aroma e aspectos nutricionais. Elas são incrivelmente versáteis;podem ser preparadas como chá, usadas como tempero ou vegetal, secas, cristalizadas, incorporadas na panificação ou simplesmente espalhadas frescas como uma guarnição. 

Elas são cultivadas comercialmente por produtores hidropônicos para restaurantes, fabricantes de doces, casas de chá, mix de saladas em bares e restaurantes, onde mixologistas modernos também incorporam flores comestíveis e infusões florais em bebidas. Neste artigo, vamos conhecer um pouco mais sobre as funcionalidades das flores comestíveis e sua forma de produção.

FLORES COMESTÍVEIS E A HIDROPONIA

Como vimos, dentro da gama de flores comestíveis, algumas são apenas adições coloridas para alegrar saladas ou como guarnições, enquanto outras embalam um verdadeiro ponche de sabor, criando uma experiência gourmet até mesmo dos pratos mais simples. 

Muitas ervas produzem flores com sabor e aroma semelhantes aos da folhagem, enquanto outras são completamente surpreendentes e fornecem interesse adicional aos perfis de paladar.

 

CULTIVO, COLHEITA E ARMAZENAMENTO DE FLORES COMESTÍVEIS 

No entanto, como mencionado, as flores comestíveis são mais do que pétalas coloridas. Muitas culturas hidropônicas comuns, incluindo brócolis, couve-flor e alcachofra, são o tecido floral da planta. 

A especiaria açafrão deriva do estame da flor de açafrão e as alcaparras são os botões de flores colhidos do arbusto de alcaparras. Algumas plantas podem ser cultivadas especificamente para produzir flores comestíveis, enquanto outras atendem ao duplo propósito de fornecer frutas frescas, vegetais ou ervas, bem como uma colheita de flores para consumo ou guarnições. 

Os produtores hidropônicos menores muitas vezes não se concentram intencionalmente na produção de flores comestíveis; em vez disso, eles simplesmente permitem que algumas plantas floresçam até o final de seu ciclo de vida para uma colheita.

Agora, em restaurantes modernos de alta cozinha, os chefs evocam uma mistura de sabores incríveis, mas isso não é suficiente se os pratos não parecerem atraentes. Por conta das mídias sociais as pessoas passaram a publicar onde estiveram e o que comeram. Nessa tendência, vamos falar aqui de flores comestíveis e seu mercado, que promete bom retorno de investimento.

FLORES COMESTÍVEIS E APARÊNCIA ATRAENTES NOS PRATOS GOURMET

As fotos postadas em redes sociais, hoje são realmente um bom marketing comercial para restaurantes e hotéis. É por isso que os pratos precisam ter uma aparência atraente. As sobremesas são um dos alimentos mais comuns onde se podem usar flores comestíveis e se tiver alguma preocupação por não conseguir combinar flores frescas, não se preocupe, pode adicionar uma seca.

Este é outro benefício das flores comestíveis. Você planta várias variedades (uma vez, a maioria na primavera e no início do verão) e tenta vendê-las frescas, mas todo o excedente delas você apenas coloca em uma máquina de secar e armazenar em recipientes e você pode usá-las meses depois.

MERCADO EM ALTA E COM GRANDE VARIEDADE

O consumidor brasileiro começou a investir mais em alimentos que, até pouco tempo atrás, não entravam na lista de compras das donas de casa. “E, neste contexto, o mercado de folhosas gourmet vêm conquistando o paladar do brasileiro”, explica a Professora Doutora do Departamento de Produção Vegetal da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (ESALQ), da Universidade de São Paulo (USP), Simone da Costa Mello.

A pesquisadora também destaca que o mercado está buscando alimentos diferenciados quanto à cor, tamanho e sabor. “Por enquanto, estes produtos, pelo elevado valor, ainda estão restritos às classes sociais mais altas”, ressaltou.    

Dessa forma, é preciso saber um pouco quais são as variedades adequadas para cada estação.

 

CONHEÇA AS 10 PRINCIPAIS FLORES COMESTÍVEIS

Com a tendência crescente pela busca de novos sabores, texturas e alimentos nutritivos, as flores comestíveis cresceram em popularidade e agora são um nicho de mercado estabelecido para produtores hidropônicos.

Degustar diferentes sabores e texturas de flores comestíveis são uma ótima maneira de experimentar essas culturas diversificadas e inovadoras. Embora as flores comestíveis sejam frequentemente muito frágeis, exigem um manuseio cuidadoso durante a colheita, pois são altamente perecíveis e são um ótimo complemento para um sistema hidropônico. Conheça as 10 principais flores comestíveis:

 

 

CHAGAS (CAPUCHINHAS)

As chagas são flores fáceis de cultivar. As sementes são muito grandes e é bom deixar algum espaço entre elas (cerca de 30 cm) porque elas crescem muito. Não precisam de cuidados especiais, apenas água como outras plantas e podem ficar sob exposição direta ao sol. 

As flores são de um belo amarelo, vermelho e laranja. Fica uma dica: colha no final da tarde quando estão em plena floração e guarde-as em local fresco (geladeira) ficam em bom estado facilmente por 4-5 dias. 

Também as folhas de capuchinhas podem ser utilizadas como microgreens (antes de fazer flor), cultivadas nas bandejas. Mais uma dica. Se você deixar as flores caírem, a própria planta produzirá sementes e, quando ainda verdes, são chamadas de 'alcaparras'. São aromáticas e de sabor apimentado. Você pode fazer picles com elas. 

BORRAGEM 

 

É uma erva anual da família de plantas com flores Boraginaceae. Sua origem é a Europa, mas você também pode encontrá-lo em outros países. Pode crescer cerca de 60-70 cm de altura e tem flores azuis mais comuns, às vezes podem ser rosa ou brancas e as abelhas adoram. 

Plante diretamente com pH médio acima de 1-2 cm de profundidade e 30 cm de distância. Ele pode permanecer no jardim ano a ano por meio da semeadura própria. A planta inteira pode ser usada como um sabor de vegetal fresco, como pepino ou erva seca. A flor tem sabor adocicado a mel e é perfeita para decorar sobremesas e coquetéis.

AMOR-PERFEITO

Na maioria dos casos, são plantas anuais, dependendo do clima em que estão crescendo. Eles gostam do frio e podem sobreviver à temperatura do inverno. O final do outono e todo o inverno são perfeitos para esta linda flor, mas podem ser colhidas até o início do verão. Você pode começar pela semente, mas recomendamos comprar flores já cultivadas. É mais fácil e rápido. O melhor com amores-perfeitos é que você pode cultivar tantas cores, vermelho, azul, laranja, amarelo violeta, branco, cores duplas misturadas, como violeta e amarelo.

DIANTHUS (cravos)

Como com outras flores, o cravo-da-índia também tem diversas variedades. E a maioria deles tem um aroma tão perfeito, que você já imagina como ficará ótimo em sua sobremesa. 

As cores vão do branco ao rosa e violeta, mas você também pode encontrar o vermelho. Prefira flores menores, porque assim você pode ter uma gama mais ampla de uso para elas. 

É melhor cortar as pétalas de sabor doce longe da base branca amarga de cada flor. As pétalas têm um sabor suave de cravo e dão uma cor excelente a sobremesas e saladas. E elas são um sucesso em coquetéis. Deixe sua imaginação viajar. 

CALÊNDULA

Flores amarelo-laranja que parecem um sol. E para te contar um segredinho sobre as calêndulas, quando o sol está se escondendo atrás das nuvens ou quando o pôr do sol começa, elas fecham suas lindas flores, mas quando o sol nasce, abrem suas flores e tomam banho de sol.

Depois de ter a calêndula em seu campo, você a terá para sempre. Cada ano elas semeiam a si mesmas. Você pode secá-las, seus clientes vão adorar tanto que você plantará mais e mais calêndulas a cada ano.

 

Colha a flor inteira, mas os chefs usam apenas as pétalas, eles as colhem do “coração” que está rodeado por pétalas. Seu sabor é apimentado picante suave. É sempre melhor usá-las cruas, mas você também pode cozinhá-las.

Use com fritadas, quiche, salsas, ovos mexidos, com frutos do mar ou cubra seu bolo favorito.

FLOR DE MILHO

Plante versões azuis em todos os lugares, e  você sabe por quê? Porque você pode secá-las e a cor, azul, vai ficar igual. 

Mas vamos voltar às flores de milho frescas. Elas têm cores diferentes. O vermelho escuro vibrante também é muito atraente, e há branco, rosa, roxo e branco com azul no interior. E se você misturar essas pétalas de flores, você obterá uma bela mistura colorida. Seu sabor é ligeiramente doce e picante, como o cravo. Esses confetes são adicionados a saladas sazonais, rolinhos primavera ou incorporados em sobremesas. Eles são um complemento perfeito para criações culinárias durante todo o ano. A flor em si deixa sementes no solo para a próxima estação, então você as verá brotando na primavera do próximo ano (horário europeu).

LAVANDA

Conhecida e favorita há séculos. Embora seja muito utilizada em cosméticos, ela tem ganhado muita atenção também no mundo culinário. Você pode adicioná-la em pratos salgados, mas a maioria das pessoas usa em pratos doces. 

 

Saiba também sobre: Empreendedorismo e inovação para soluções e produtos em hidroponia 

 

Você pode preparar creme com infusão de lavanda. Como? Basicamente, é o mesmo método para todas as ervas, se você quiser o sabor delas. Você precisa derramar o creme e ao desligar o fogo e colocar ervas/flores no creme. 

 

O tempo que você deixa no creme depende de quão forte é o sabor que você gostaria de ter no final. 

Aí você pode usar em todos os cremes para sobremesas, panna cottas, pãezinhos, molhos de frutas, sorvetes, ganaches para bombons, macarons, biscoitos entre outros. Esta flor é perene, e você deixa no campo e a cada ano terá flores novas.

 

ROSA

 

A rainha das flores comestíveis. Este é um item obrigatório em sua cozinha, especialmente se você for chef de restaurante. As possibilidades de uso, não apenas como guarnição, são infinitas. E o sabor, aroma e presença das rosas comestíveis são incríveis. Você vai facilmente se apaixonar por elas.

Mais variedades aromáticas terão um impacto maior na combinação com outros alimentos. Portanto, use seu olfato para escolher aquela com mais aroma. 

Você sabia que as rosas estão relacionadas às amêndoas e cerejas? É por isso que são tão comuns no mundo culinário. Além disso, quando você for usá-las no menu, as pessoas serão desafiadas a experimentar novos pratos ou pelo menos isso será mais interessante.

Você também encontrará um pouco de rosa em pratos tradicionais, como as delícias da culinária turca e a cozinha do Oriente Médio também estão usando.

Tente preparar vinagre de rosa, manteiga de rosa, água de rosas ou xarope. Ou apenas prepare pétalas de rosa cristalizadas para sua próxima sobremesa doce. Decorar alimentos com rosas é muito conhecido e muito bonito.

MARIGOLD (Tagete)

Flores amarelas, laranja e vermelhas brilhantes são muito versáteis. E suas pétalas são muito fortes, então você pode usá-las também em pratos cozidos e elas vão manter o seu visual. 

Você precisa plantá-las todos os anos, elas dão flores por um período muito longo, além disso, você obterá muitas flores de apenas uma planta.

Seu sabor é um pouco cítrico, mas a planta da família chamada tagetes tenuifolia é ainda mais. Suas flores são menores, você pode usar a flor inteira. E com uma de tamanho regular, você deve remover a cabeça da flor e usar apenas pétalas para colorir sua salada, misture no seu bolo ou apenas use em um chá.

DÁLIA

Essas também são plantas perenes e, na maioria dos casos, é preciso desenterrar os tubérculos antes do inverno se quiser usá-los na próxima temporada. Seu tempo vai do meio do verão ao outono e elas adoram uma área ensolarada. 

Pertencem à família Asteraceae. A peculiaridade desta espécie é que são flores maiores. Pode usar flores inteiras ou arrancar as pétalas e usá-las para decoração. Fornecem um amplo espectro de cores do branco ao amarelo, laranja, ao vermelho, rosa e roxo. E seus tamanhos e formas são muito versáteis.

É interessante que alguns tubos das dálias também são comestíveis. Colha flores inteiras, os chefs as usam inteiras ou apenas pegam as pétalas da flor. Como seu tamanho e forma são diferentes, cultive mais variedades. 

 

Se você decidir secá-las, tente misturar cores diferentes, porque o visual da mistura ficará muito lindo. Encha o seu bolo ou tartes com flores inteiras ou adicione algumas pétalas aos seus cocktails ou alegre as suas sopas.

CULTIVE FLORES COMESTÍVEIS

Como vimos, não tenha medo de usar e cultivar flores comestíveis. Como você descobriu durante nosso post, muitas flores são perenes ou simplesmente se auto semeiam a cada ano. Então você só precisa plantá-los uma vez e você os terá por anos. Isso é tão lucrativo. E o preço das flores pode ser facilmente mais alto do que as microgreens. Se você está no mercado das microgreens, você também pode incluir as flores comestíveis dessa forma, você venderá mais microgreens e flores comestíveis no fina. E os chefs amam menos fornecedores com mais produtos.

Ficou interessado por esse mercado gourmet? Conheça  nosso Centro de Conhecimento e obtenha acesso a cursos sobre diversas produções com os melhores consultores do mercado.

 

Andrea Weschenfelder

Plataforma Hidroponia - Editora WEB

MTB 10594

Tags: flores flores comestiveis hidroponia plataforma hidroponia cultivo hidroponico cultivo sem solo

Compartilhar

Relacionados

Conversar no Whatsapp