Embrapa e empresa de hortifuti desenvolvem pesquisa para produção em ambientes controlados

Em parceria com a empresa 100% Livre, que atua com comércio varejista de hortifrúti, a  Embrapa Hortaliças (DF) desenvolveu uma pesquisa, e entra agora na fase de implementação de  sistemas de produção em ambiente controlado, ou seja, as fazendas verticais ou plant factory e agricultura indoor para a produção de diferentes espécies de hortaliças. 

 

O modelo envolve o cultivo sem solo ou substratos, além de  iluminação artificial com painéis de LED e controle de diversas variáveis meteorológicas no interior da estrutura de ambiente: temperatura e umidade relativa do ar, radiação líquida e global, concentração de CO2 (gás carbônico), entre outras.

 

EXPERIMENTOS EM FASE DE DESENVOLVIMENTO 

O estudo iniciado no mês de abril, acontecem no Laboratório de Agricultura em Ambiente Controlado da Embrapa Hortaliças. O protótipo é formado por uma estrutura de 48 m2, que contém dois containers acoplados e modificados, feitos a partir de paredes com placas de termopainel para isolamento térmico e equipada com sensores para monitoramento das condições ambientais. 

 

No mundo, o modelo de agricultura indoor é conhecido como controlled environment agriculture ou pela sigla CEA que significa o cultivo de safras controlando certos aspectos do meio ambiente a fim de reduzir pragas ou doenças, aumentar a eficiência, ser mais sustentável, aumentar a produtividade ou economizar custos.

 

OBJETIVOS DA PESQUISA 

Além de ter como objetivo a definição de sistemas de produção, a pesquisa quer garantir a viabilidade econômica do negócio que escolher espécies como as de:

 

 

Do ponto de vista do mercado, essas hortaliças possuem  alto valor agregado e ciclo de produção mais curto, permitindo o cultivo de várias safras ao ano, e a viabilidade econômica do empreendimento. 

 

De acordo com o coordenador do projeto pesquisador da área de nutrição de plantas e cultivo protegido e sem solo da Embrapa, Ítalo Guedes.“Nossa proposta é aplicar o conhecimento científico sobre a fisiologia de cultivos hortícolas para modificar fatores do ambiente interno e maximizar a produção”.

 

O estudo leva em conta a produtividade em um único nível ou camada, na proposta de plant factory - modelo mais adequado para cultivo de hortaliças de fruto, e a produtividade do cultivo em andares -  conhecido como fazenda vertical, formato mais recomendado para folhosas e condimentares.

 

Quer conhecer o novo ambiente da nossa plataforma onde você poderá fortalecer os conhecimentos e conceitos sobre hidroponia? Acesse aqui!

 

Andrea Weschenfelder

Plataforma Hidroponia - Editora WEB

MTB 10594

Tags: plataforma hidroponia hidroponia cultivo sem solo revista hidroponia agronomia embrapa embrapa df

Compartilhar

Relacionados