CONSULTOR HIDROPÔNICO | Daniel Zimmermann Mesquita

O time de Consultores Hidropônicos Avançados da Plataforma Hidroponia recebe o engenheiro agrônomo Daniel Zimmermann Mesquita. Ele vai se juntar a especialistas como o Professor Doutor Jorge Barcelos Oliveira, que coordena o Laboratório de Hidroponia (LabHidro) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), ao Professor Doutor Pedro Roberto Furlani, sócio-diretor da Conplant, de Campinas (SP), Fernando Sala, Simone da Costa Mello, Roberta Peil, Glaucio Genuncio, professor da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT), entre outros.

Todos especialistas, mestres, doutores, pesquisadores de larga experiência que atuam para o fortalecimento deste segmento. 

O grupo de Consultores Hidropônicos Avançados é formado atualmente por mais de 70 profissionais que apóiam o cultivo sem solo, esclarecendo dúvidas e contribuindo para a validação dos conteúdos produzidos pela redação da Plataforma e Revista Hidroponia.

Voluntariamente e na medida de suas disponibilidades, cada um em sua área de especialização, respondem às dúvidas técnicas dos produtores do cultivo sem solo.

Daniel Zimmermann Mesquita, 32 anos, é graduado em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), em 2009, possui mestrado e doutorado no cultivo de hortaliças pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). Logo após se formar, Mesquita trabalhou, durante dois anos, com o cultivo de eucalipto, no município de São João da Ponte, no Norte de Minas Gerais. 

Depois, prestou assistência técnica e extensão rural a produtores familiares de Paraty, no Rio de Janeiro. “Nesse meio tempo, eu fiz mestrado e doutorado na UFRRJ no cultivo de hortaliças”, lembra Mesquita.

O primeiro contato com a Hidroponia ocorreu no Campus de Naviraí do Instituto Federal do Mato Grosso do Sul (IFMS), onde Mesquita é professor e coordenador do curso de Engenharia Agronômica. 

Ele coordena o projeto de extensão “Produção de hortaliças em diferentes sistemas tecnológicos”, desdobramento de um plano iniciado em 2018. “A iniciativa é desenvolvida em uma área conhecida como Distrito Verde e no bairro Borborema, onde três produtores da agricultura familiar produzem frutas e hortaliças”, explica. 

O trabalho tem como parceiros a Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural) e a prefeitura municipal de Naviraí.

O outro projeto, Hidroponia em Números, desenvolvido em parceria com a Plataforma Hidroponia e a Agraer, tem como objetivo levantar informações sobre o cultivo hidropônico no Mato Grosso do Sul. 

O professor está concluindo um questionário que será enviado aos escritórios da agência. Mesquita, que está montando uma pequena hidroponia no IFMS para produzir folhosas, acredita no crescimento do sistema de cultivo. “A Hidroponia é a agricultura do futuro e a melhor alternativa para o cultivo de hortaliças, flores e plantas ornamentais e algumas frutas”, completa.

 

Andrea Weschenfelder
Plataforma Hidroponia – Editora WEB
MTB 10594

 

Tags: Hidroponia Cultivo Cultivo sem solo Agricultura Consultor Consultor Hidropônico

Compartilhar

Relacionados