MUSEU DO RIO DE JANEIRO OFERECE OFICINAS DE HIDROPONIA

ustentabilidade e educação. Esses são os alicerces do Projeto “Rumo ao Museu Verde”, que é realizado pelo Espaço Ciência Viva (ECV), no bairro da Tijuca, no Rio de Janeiro (RJ). A iniciativa tem como objetivo principal apresentar uma série de protótipos que representam exemplos do uso eficiente de energia e cuidado com o meio ambiente.

Mediador sênior do ECV, Wladimir Calixto explica que o projeto contempla sistemas de Hidroponia, de reuso da água da chuva, de coleta e reaproveitamento de óleo de cozinha usado, de compostagem de resíduos orgânicos e de aquecimento de água por energia solar. “Estes protótipos permitem a divulgação de uma série de conceitos científicos importantes para que o cidadão possa assimilar em seu dia a dia”, afirma Calixto.

No caso da Hidroponia, conta com a participação dos professores Hiram Araújo, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ), e Lúcio Teixeira, do CIEP Francisco Cavalcanti Pontes de Miranda.  Voltada principalmente para o público escolar, a ação consiste em uma instalação hidropônica nas dependências da ECV. A proposta visa ampliar o conhecimento sobre as técnicas de cultivo hidropônico, por meio de experimentos interativos e lúdicos, resgatando o gosto pela experimentação e pela descoberta científica, marcas registradas do Espaço Ciência Viva.

Na oficina, batizada de “Cultivo sem solo”, o participante aprende na prática como funciona a Hidroponia. “São abordadas as três etapas do cultivo: desde a semeadura, passando pela mudança de fases até a colheita”, conta Calixto. Também são realizadas oficinas complementares para aperfeiçoar a técnica do uso dos componentes da solução hidropônica e de controle do pH e da condutividade ao longo ciclo produtivo, conforme o mediador.

A boa receptividade da oficina vem de diferentes públicos, garante Calixto. São estudantes dos mais diferentes níveis como, por exemplo, de ensino fundamental, ensino médio, de áreas agrárias, de nutrição e gastronomia. “Os visitantes ficam encantados. É muito gratificante ver o brilho no olhar deles, a curiosidade sobre o tema. Todos ficam instigados a participar e conhecer mais sobre o tema da Hidroponia”, afirma.

O Projeto “Rumo ao Museu Verde” conta com o apoio financeiro de órgãos de fomento à ciência, tecnologia e inovação, como a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

As oficinas de Hidroponia no ECV são gratuitas. Turmas escolares e demais grupos interessados em participar podem agendar a visitação pelo e-mail museu@cienciaviva.org.br ou por meio do telefone (21) 2204 0599.

Compartilhe esta informação:

Posts Recentes

Carrinho

Nenhum produto no carrinho.

Finalizar compra