JARDINS VERTICAIS: “GRANDE TENDÊNCIA NO FUTURO PRÓXIMO”

No ritmo das atualidades no cenário do cultivo hidropônico, o 12º Encontro Brasileiro de Hidroponia trará o botânico francês número um na área de jardim vertical: Patrick Blanc. “A verticalização no cultivo hidropônico, tipo horta vertical, será outra grande tendência num futuro próximo”, afirma o Professor Doutor Jorge Barcelos, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Patrick Blanc abordará dois assuntos em duas palestras. “Parede Vegetal” e “Plantas na Natureza”. Além da participação do francês, o evento contará com a participação de Emilio Ibarrola, produtor de Asunción, no Paraguai, o que fomenta a participação de visitantes estrangeiros. “Outra novidade é que esse ano os hermanos de países vizinhos vêm em maior número, pois a hidroponia está crescendo muito e sabem que este é o local certo para eles”, ressalta Barcelos.

Dos 44 estandes, 55 empresas patrocinadoras, 15 palestras estão confirmadas. São elas:

De MINAS GERAIS

– “As fazendas urbanas aquapônicas da BeGreen” (por Pedro Graziano, Produtor, Belo Horizonte)

De SÃO PAULO

 “Minimamente processado, agregando valor ao produto hidropônico” (por José Roberto Bergamo, Consultor e Produtor, São Paulo)

– “Soluções Nutritivas: preparar em casa ou comprar pronta?” (por Pedro Roberto Furlani, Consultor CONPLANT, Campinas)

– “Hidroponia ecológica e financeiramente sustentável” (por Fernando Alonso, Produtor, Holambra)

– “Hidroponia + orgânico: uma combinação para produzir tomate e outras hortaliças de frutos” (por Rodrigo Cabrera, Consultor SERVICERES, Indaiatuba)

– “Um produtor que soube aproveitar os Encontros” (por Edenilson Zangalli, Produtor, Urupês)

– “Sistema de perfis móveis” (por Ricardo Tarchiani, Produtor, Campinas)

– “Dicas de manejo em verduras hidropônicas” (por Fábio Veltrini, Agrônomo HORTMAX, São José do Rio Preto)

De SANTA CATARINA

– “LabHidro 20 anos no Front” (por Jorge Barcelos, UFSC, Florianópolis)

Do RIO GRANDE DO SUL 

– “Cultivo em calhas com substrato e recirculação do drenado: uma alternativa econômica e de baixo impacto ambiental” (por Roberta Nogueira Peil, UFPEL, Pelotas)

– “Resíduo Zero: morango semi-hidropônico livre de resíduos de defensivos químicos” (por Mario Palombini, Produtor e Consultor, Vacaria)

– “Substrato para morango em slabs: da escolha ao manejo” (por Adriano Delazeri, Consultor, Canoas)

Do PARAGUAI

– “Abrindo fronteiras no Paraguai” (por Emilio Ibarrola, Asunción)

Da FRANÇA

– “Parede Vegetal” e “Plantas na Natureza” (por Patrick Blanc, Botânico, Paris – França, com tradução simultânea)

Créditos: Bianca Garcia

Compartilhe esta informação:

Posts Recentes

Carrinho

Nenhum produto no carrinho.

Finalizar compra