HIDROPONIA ESTARÁ ENTRE AS ATRAÇÕES DA EXPOAGRO 2017

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Mato Grosso do Sul (Senar-MS) oferecerá seis cursos de formação profissional rural e promoção social durante a Feira Agropecuária de Dourados (Expoagro 2017). A produção de conservas de hortaliças será uma das capacitações que serão realizadas durante o evento, que ocorre entre os dias 12 e 21 de maio. A exposição é promovida pelo sindicato rural do município e conta com o apoio da Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Sistema Famasul).

Além do curso de produção de conservas de hortaliças, a entidade oferecerá aos visitantes capacitações sobre fabricação caseira de derivados do leite; cultivo de orquídeas; curso básico em agricultura de precisão; regulagem e utilização de pulverizador autopropelido; e NR 31.8 – prevenção de acidentes com defensivos. “Vamos atender a todos os públicos. Os cursos de derivados do leite, orquídeas e hortaliças são demandas que atingem o produtor familiar. E vamos oferecer para o médio e grande produtor, as capacitações que envolvem tecnologias de precisão e norma regulamentadora que é para contemplar a vocação natural da região que é a agricultura”, explica a diretora-secretária do Sistema Famasul e coordenadora educacional do Senar-MS, Terezinha Cândido.

A atuação do Senar-MS, em parceria com o Sindicato Rural de Dourados, na Expoagro, renderá uma grande atividade de assistência técnica e gerencial. Na sexta-feira, dia 19 de maio, a partir das 7h, ocorre o Dia de Campo no “Projeto Fazendinha – Unidade Tecnológica de Hortifruti”, no parque de exposições. A proposta é apresentar o Projeto Fazendinha do Sindicato Rural de Dourados como uma porta aberta a visitas e capacitações de produtores, associações, cooperativas, prefeituras e demais instituições interessadas em adquirir conhecimentos nas áreas de olericultura, cultivo protegido, Hidroponia, fruticultura, adubos verdes, gestão econômica e demais tecnologias.

Serão formados grupos de visitas durante o evento para que os mesmos possam conhecer toda a área do projeto acompanhados de técnicos do Senar-MS e da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural de Mato Grosso do Sul (Agraer), que inclusive está implantando um laboratório para pesquisas em fitossanidade dessas culturas dentro do Projeto Fazendinha. “Como Dourados é uma cidade polo, vamos reunir todos os produtores dos municípios da região Sul do Estado atendidos pelo Senar-MS e Agraer como forma de integrar e potencializar a produção. Vamos somar esforços para construir ações efetivas que contribuam para o desenvolvimento do setor de hortifrúti e agricultura familiar”, destaca a coordenadora do departamento de Assistência Técnica e Gerencial do Senar-MS, Mariana Urt.

Projeto Fazendinha

O Projeto Fazendinha iniciou há 15 anos e está localizado no parque de exposições João Humberto de Carvalho. A reformulação do espaço, iniciada em novembro de 2015, foi planejada para oferecer fruticultura e horticultura no qual será possível a realização de cursos do Senar-MS, aulas práticas do curso Técnico em Agronegócio e de parcerias como a escola técnica agrícola de Dourados, que leva alunos semanalmente para realizar aulas práticas.

Compartilhe esta informação:

Posts Recentes

Carrinho

Nenhum produto no carrinho.

Finalizar compra