FAZENDAS HIDROPÔNICAS EM ABRIGO CONTRA BOMBAS EMBAIXO DAS RUAS DE LONDRES

Dois companheiros transformaram um abrigo antiaéreo abandonado da 2ª Guerra Mundial, 30 metros abaixo das ruas do sudoeste de Londres, em uma fazenda hidropônica chamada “Growing Underground”. E detalhe, a fazenda ainda é alimentada por energia renovável.

Desde 2015, os fundadores Richard Ballard e Steven Dring, da Zero Carbon Food, vendem verduras baby e micro-ervas para mercados e restaurantes. Agora eles decidiram intensificar, com o futuro da agricultura, a tecnologia hidropônica.

Conheça o projeto!

ILUMINAÇÃO DE LED E SEM ESTUFA 

A tecnologia hidropônica cultiva plantas em sistemas de água em vez de no solo. Alguns dos benefícios do uso desta tecnologia incluem corte de emissões, redução da pegada de carbono e, se houver tempestades, suas plantações não serão destruídas. Esta tecnologia já existe há anos, mas é a combinação da tecnologia de luz LED que permite ao fundador cultivar em grandes quantidades.

Ballard contou que há muito a ser feito com LEDs.Por exemplo, os produtores descobriram que os LEDs alteram os sabores dos vegetais, pois seus amidos e açúcares se desenvolvem de maneira diferente sob espectros de luz alterados.

Atualmente, a única cultura que cresce rápido o suficiente no sistema para torná-lo economicamente prático são as folhas verdes, mas Ballard acredita que isso vai mudar no futuro. “À medida que as tecnologias melhoram, teremos frutas, pepinos e pimentões”, previu ele.

ABRIGO TEM ENERGIA RENOVÁVEL

Na Growing Underground o espaço redundante é alimentado por energia renovável.

É mais eficiente em termos de energia do que o cultivo de vegetação em uma estufa.

O ambiente subterrâneo, combinado com o calor persistente das lâmpadas LED, mantém uma temperatura estável em que as plantas se desenvolvem.

Evita emissões causadas pela agricultura tradicional, como a liberação de carbono do solo e o funcionamento de equipamentos movidos a diesel.Como a fazenda subterrânea está localizada na cidade, ela também reduz a pegada de carbono. 

“Temos visto nos últimos anos alguns eventos climáticos importantes, que afetam a produtividade. A maneira como atuamos nos permite ter um rendimento consistente durante todo o ano”, afirma Ballard.

A Growing Underground atualmente produz verduras para supermercados e cozinhas de restaurantes. No momento, eles usam cerca de 20% do bunker de 6.000 metros quadrados.

Conheça outros projetos hidropônicos pelo mundo: Paris inaugura a maior fazenda urbana da Europa

Andrea Weschenfelder
Plataforma Hidroponia – Editora WEB
MTB 10594

Compartilhe esta informação:

Posts Recentes

Carrinho

Nenhum produto no carrinho.

Finalizar compra