Curitiba ganhou fazenda urbana referência em segurança alimentar

Curitiba (PR) ganhou uma fazenda urbana que promete ser referência em segurança alimentar inédito no País, o projeto é uma versão atualizada do Centro de Referência em Agricultura Urbana e Economia Sustentável de Curitiba, que tem como vetor o plantio de hortifrútis nas mais diversas técnicas de plantio sustentável, como cultivo protegido, plantio elevado, Aquaponia e Hidroponia, espaço para grandes culturas e hortas comunitárias.

“É o projeto para fazermos oo primeiro Parque Agroalimen-tar do Brasil, a primeira Fazenda Urbana sustentável”, afirma o
o prefeito Rafael Greca. Projetada para ocupar uma área de 4.435metros quadrados ao lado do Mercado Regional do bairro Cajuru, a fazenda urbana será mantida com o que há de mais moderno em modelos de plantio e uso de energias renováveis – eólica e solar e reapro-veitamento de água de chuva para a irrigação – e bioenergia. “As pessoas vão poder conhecer como se planta sem veneno e comprar alimentos orgânicos direto da fonte”, diz Greca. 00258479

O complexo produtivo tem composteiras, estufas e hortas comunitárias com as mais variadas técnicas de cultivo. Jardins de Mel, com abelhas nativas sem ferrão, e espaços para a criação de pequenos animais também farão parte do empreendimento, que contará ainda com restaurante-escola e banco de alimentos, além de infraestrutura para eventos e treinamento. O banco de alimentos também visa a eliminar o desperdício. “O objetivo é trabalhar com resíduo zero e seguir na inovação dentro da segurança alimentar”, completou o secretário municipal do Abastecimento, Luiz Gusi.

Investimentos

O projeto foi desenvolvido em fases. A primeira ocorreu em julho de 2019, com o plantio dos alimentos. Na segunda fase, em setembro do ano passado, foi feita a colheita. Na terceira etapa, a estrutura física, as cozinhas e salas de aula foram entregues. A Fazenda Urbana abrigará, além das hortaliças comuns, mais de 100 espécies de plantas alimentícias não convencionais, jardins de mel e espaços para a criação de pequenos animais, como galinhas e coelhos. 00240637

A estimativa de investimentos na estruturação da fazen-da urbana é de R$ 3 milhões, com recursos do Fundo de Abastecimento Alimentar do município. A estrutura será incorporada a um complexo que já tem o Centro de Distribuição do Armazém da Família, o Mercado Regional do Cajuru e a Rua da Cidadania.

Compartilhe esta informação:

Posts Recentes

Carrinho

Nenhum produto no carrinho.

Continuar comprando Finalizar pedido