COMO FAZER HIDROPONIA: ESTRUTURA

Existem projetos hidropônicos de diversos portes, desde aqueles que utilizam uma pequena estrutura até sistemas mais sofisticados, com uso de sensores e controladores que comandam o fornecimento da solução nutritiva, climatização e modificação atmosférica da estufa (casa de vegetação).

[ihc-hide-content ihc_mb_type=”show” ihc_mb_who=”5,6,7″ ihc_mb_template=”3″ ]

Por isso, antes da instalação da estrutura física o empreendedor deve responder algumas questões principais, como que será produzido, onde será produzido, qual o tipo de sistema hidropônico a ser utilizado, qual o volume de produção desejado e o orçamento disponível.

Os sistemas hidropônicos podem ser classificados quanto ao sistema de suporte (orgânicos, inorgânicos ou solução nutritiva), quanto à circulação da solução nutritiva e quanto à oxigenação da solução.

Dentre os principais sistemas de cultivo hidropônicos destacam-se o  NFT (Nutrient Film Technique), que é usado por cerca de 90% dos produtores hidropônicos brasileiros; Bancada Individual; DFT ou floating, Subirrigação;  Aeroponia, Aquaponia e Pavio.

Uma vez respondidas estas questões, o empreendedor deverá proceder ao dimensionamento das instalações que, em linhas gerais, compreende a Área de Produção e a Administração.

Área de Produção – Para se realizar uma cultura de Hidroponia, necessita-se de uma estrutura que possa proteger a produção. Esta estrutura de proteção denomina-se estufa ou casa de vegetação, e visa proteger a plantação contra os agentes meteorológicos desfavoráveis. A estufa deve ser asséptica, próxima a fontes de água e energia elétrica e com trânsito limitado de pessoas.

Deve ser separada em áreas distintas para germinação, berçário das mudas e  crescimento das plantas. É o local onde são instalados os perfis e as bancadas de cultivo. A instalação do reservatório de água e nutrientes, bombas, túneis, terraplanagem, pontos de água, energia elétrica e outros recursos de apoio, devem ser feitas próximas a Casa de Vegetação e seguir recomendações técnicas. A área de produção deve dispor ainda de um local coberto e fechado destinado ao armazenamento de insumos, ferramentas etc.

Administração – É o local destinado às atividades administrativas direcionadas à compra de sementes, mudas, insumos e demais artigos que compõem o estoque de matéria-prima. Também são realizados os contatos comerciais, controles financeiros e acompanhamento do desempenho do negócio, pagamentos de fornecedores e outras que o empreendedor julgar necessárias para o bom andamento do empreendimento.

[/ihc-hide-content]

Nota da redação: O conteúdo da matéria “Os passos  para quem pretende começar na Hidroponia”, será apresentado em 5 partes. Iniciamos hoje a parte 4 e nos próximos dias estaremos publicando os conteúdos que complementam a abordagem. Ótima leitura!

Compartilhe esta informação:

Posts Recentes

Carrinho

Nenhum produto no carrinho.

Finalizar compra