ALUNOS SE DESTACAM EM MOSTRA ESCOLAR COM PROJETO CIENTÍFICO DE HIDROPONIA

Promovida há sete anos consecutivos, a Mostra Científica do Colégio Evangélico Divino Mestre, de São Leopoldo/RS, é um evento que reúne projetos de alunos de todas as séries do ensino fundamental, incentivando iniciativas sustentáveis, tecnológicas e inovadoras. A edição, que ocorreu em julho de 2019, elegeu estudantes do sexto ano com um trabalho voltado ao cultivo hidropônico de folhosas, por trazer soluções práticas, viáveis e saudáveis para a alimentação.

A pesquisa idealizada pelos jovens, Ana Beatriz Silva de Medeiros, Leonardo Rodrigues e Maria Clara dos Santos Baierle, todos com 12 anos de idade, apresenta o cultivo hidropônico de rúcula, do radite, do agrião e do alface. No trabalho é abordado os seus benefícios, como espaço de cultivo reduzido, uso consciente de agrotóxico, economia de água, diminuição na ação de pragas, controle das condições climáticas sobre a vegetação cultivada para que a planta seja colhida mais limpa,  processo do cultivo desde a semeadura até o estágio final, bem como todos os cuidados e monitoramentos da planta, como o controle do pH, condutividade elétrica e adubação.

Com o propósito de disseminar informação e conhecimento sobre o Sistema Hidropônico de folhosas, o grupo mostrou através de seu projeto como a sustentabilidade está intimamente ligada à produção hidropônica, sendo esta uma solução para promover mais qualidade de vida através do cultivo de alimentos livres de agrotóxico em praticamente qualquer lugar, desde que se tenha os devidos cuidados. O projeto ficou classificado em primeiro lugar da categoria Turma do 6º ano e ganhou também o primeiro lugar entre todos os outros projetos da mostra, através da crítica de um júri composto por convidados especialistas externos. “A importância de se ter iniciativas como essa de iniciar um projeto é de ter novas descobertas e transmitir seus conhecimentos. Esse projeto sobre a Hidroponia nos trouxe muito conhecimento sobre essa área e fascinação sobre o assunto que ao se desenvolver nos trouxe cada vez mais curiosidade”, informa Ana Beatriz, uma das autoras do projeto.

Mas a repercussão do projeto não para por aí. Os estudantes o inscreveram na Mostratec Júnior 2019, a Mostra Brasileira e Internacional de Iniciação Científica promovida pela Fundação Liberato, de Novo Hamburgo/RS. “Procuramos através de iniciativas como a Mostra Científica, trazer novas oportunidades para os alunos construírem seu próprio conhecimento em prol de um mundo com mais sustentabilidade, qualidade de vida e menos agrotóxicos. Num cenário como o que vivemos, ter condições de cultivar alimentos saudáveis em pequenos espaços é uma ação que deve ser incentivada”, declara a orientadora do projeto, Vera Lúcia Metz de Souza, professora de ciências e organizadora da mostra. 

Compartilhe esta informação:

Posts Recentes

Carrinho

Nenhum produto no carrinho.

Finalizar compra